Secretaria de Assistência Social atenta a questão do Cyberbullying

A Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Comunitário está trabalhando neste mês de setembro cuidadosamente sobre o tema Cyberbullying, entre as atividades: Palestras, encontros e capacitação para  Rede de Proteção.

A prática do bullying consiste em um conjunto de violências que se repetem por algum período. Geralmente são agressões verbais, físicas e psicológicas que humilham, intimidam e traumatizam a vítima. Os danos causados pelo bullying podem ser profundos, como a depressão, distúrbios comportamentais e até o suicídio.

“Bullying é uma palavra que se originou na língua inglesa. “Bully” significa “valentão”, e o sufixo “ing” representa uma ação contínua.  Já o Cyberbullying é o bullying realizado por meio das tecnologias digitais. Pode ocorrer nas mídias sociais, plataformas de mensagens, plataformas de jogos e celulares. É o comportamento repetido, com intuito de assustar, enfurecer ou envergonhar aqueles que são vítimas. Exemplos incluem: espalhar mentiras ou compartilhar fotos constrangedoras de alguém nas mídias sociais; enviar mensagens ou ameaças que humilham pelas plataformas de mensagens; se passar por outra pessoa e enviar mensagens maldosas aos outros em seu nome.

A secretaria cumpre uma agenda de palestras com o profissional Luiz Antônio Vieira, o qual é professor de projetos públicos.

Pular para o conteúdo